logo

sábado, 29 de junho de 2013

Graviola ou Guanabana - Inimigo número um do câncer

A Graviola é uma fruta que tem se mostrado surpreendente para eliminar as células do câncer. É dez vezes mais potente do que a quimioterapia.

Por que não estamos conscientes disso? Talvez existam organizações interessadas em encontrar uma versão sintética ou química, permitindo-lhes ganhar renda substancial.

Não esqueçamos que a aspirina deve a sua origem ao salgueiro "branco". Essa planta foi usada ao longo dos séculos na China, na Grécia antiga e na Europa medieval, pela sua ação antifebril e analgésica. Em 1882, o farmacêutico francês Leroux extraiu a da planta a salicina, sua principal substância ativa. Um italiano, Rafael Piria foi o primeiro a produzir ácido acetilsalicílico em forma natural,  mais tarde sintetizado pela Bayer.

Você deve saber que pode beber suco de Graviola para prevenir a doença. Seu sabor é agradável. E, naturalmente, não produz os efeitos desagradáveis da quimioterapia. E você pode ainda plantar uma árvore da graviola em seu quintal. Todas as suas partes são úteis.

Na próxima vez que você quiser  beber um suco, peça graviola.

Quantas pessoas sofrem enquanto este segredo é guardado com

cuidado para não diminuir o lucro de vários milhões de dólares de grandes corporações?

A árvore da graviola é baixa. Não ocupa muito espaço, e a fruta é conhecida com esse nome no Brasil e na América Latina por guanabana, e "Soursop" em inglês. O fruto é muito grande e sua polpa, doce e branca, é comida diretamente, ou usada normalmente para fazer bebidas, palhetas, doces etc.

Os seus efeitos anti cancerígenos são muito fortes, e, embora haja muito mais propriedades atribuídas a ela, a coisa mais interessante sobre o assunto é o efeito nos tumores. Essa planta é mostrada como um remédio para câncer, testado para cânceres de todos os tipos. Há quem diga que é muito útil em todas as variantes do câncer.

É eficiente também como agente anti microbiano de amplo espectro contra infecções por bactérias e fungos. É eficaz contra vermes e parasitas internos, regula a pressão arterial elevada e é antidepressivo, além de combater stress e distúrbios nervosos.

A fonte desta informação é fascinante: vem de um dos fabricantes de medicamentos do mundo, informando que, depois de mais de 20 testes, efetuados, foi revelado que destruiu mais de 12 tipos de células de câncer, incluindo dois pontos diferentes, mama, próstata, pulmão e pâncreas.

Os compostos da planta mostraram atuar dez vezes melhor, retardando o crescimento das células cancerosas, que o produto Adriamycin, uma droga de quimioterapia, geralmente utilizada no mundo. E o que é ainda mais surpreendente: esse tipo de terapia extraído da graviola destrói somente as células malignas e não afeta as células saudáveis.
Instituto de Ciencias de la Salud, L.L.C. 819 N. Charles Street Baltimore, MD  1201

3 comentários:

Patricia disse...

Vou tentar encontrar LOGO, pois essa fruta merece REVERÊNCIA!
Se o sabor for bom, com certeza será muito apreciada, e se não for, a gente dá um jeito de misturar com leite ou outro líquido que não interfira no valor indicado para PREVENÇÃO de Câncer.

Obrigadíssima pela dica preciosa!

Liana Clara disse...

Olá Patricia, eu estava sentindo falta de seus comentários no Blog.
Eu nunca provei a graviola, vou experimentar também.
Bjs

Patricia disse...

Oi, Liana! Te enviei umas sugestões de artigos por e-mail, para ver se consegue colocar no Blog.
Bjs,
Pat

Postar um comentário