logo

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Providência divina e destino

Por Maria Teresa Serman
Não é que seriados policiais de TV podem ser fonte de sabedoria e ocasião de meditar em alguma coisa mais profunda? Gosto muito de um que sempre finaliza com uma frase de alguém famoso, com certa profundidade. Vejam uma delas, que provocou esta reflexão que escrevo: "Os homens juntam erros de suas vidas e criam um monstro a que chamam destino." John Hobbes

Francamente não acredito em destino, mas em uma combinação do cuidado do Pai para com seus filhos, a que chamamos Providência Divina, com o nosso livre arbítrio. Desse tecido é formada nossa vida, e por meio dela interferimos, direta ou indiretamente, na vida dos que estão próximos e até de desconhecidos afastados, pela internet, por exemplo. O fatalismo do "Tinha que acontecer!", "Estava escrito!", e afins, soa-me como inércia ou tentativa de desculpar exatamente os erros a que o sr.Hobbes se refere.

Por sinal, o "sr.Hobbes", de acordo com minha pesquisa, foi Pearl Mary Teresa Craigie, nascida em 3 de novembro  - coincidência, meu aniversário! de 1867, e falecida em 13 de agosto (não sei se caiu em uma sexta) de 1906, novelista e autora de dramas, que adotou o pseudônimo de John Oliver Hobbes. Converteu-se ao catolicismo em 1892, tendo sido praticante e devota até o fim da vida.

Voltando à sua frase, considero-a muito perspicaz, porque é lamentavelmente comum as pessoas atribuírem ao destino o efeito catastrófico que seus desatinos causam a si mesmos e aos que os amam, e que eles dizem amar. Ou então culpar Deus e pedir-lhe conta de desastres que atitudes mais responsáveis e menos egoístas poderiam ter evitado.

É triste, e muitas vezes trágico, que alguns cegos de alma desprezem e joguem fora a felicidade verdadeira, indo atrás de coisas fugazes e enganadoras. Trocam joias raras que possuem, como dádiva de Deus, por vidros cintilantes, mas de material falso e valor nenhum. Quando descobrem o engano, muitas vezes é tarde demais. Como dizia minha bisavó, muito citada em família nesse aspecto de ditos da sabedoria popular, "Quem bem estiver e mal se achar, do mal que vier não vá reclamar." É bom que meditemos nisso com vagar e atenção.

5 comentários:

Pedro Paulo Jr disse...

Este seriado é o Criminal Minds?

MªTeresa disse...

É, sim. Sei que tem muito crime e patologia, mas me interessa o aspecto de análise psicológica das pessoas.De qualquer jeito eles colocam frases no início e no fim que, ÀS VEZES, se aproveitam. As de hoje, por exemplo, foram pessimistas demais.

Patricia disse...

Isso vale também pro LAW AND ORDER.
Faz bem ver bandidos serem presos,mulheres serem protegidas de agressores na família e inclusive, policiais corruptos irem pra cadeia, sem tanto conversê!

Nesse seriado, 90% dos casos podem ser comprovados no dia a dia, mesmo não tendo sido eles próprios anunciados como "baseado em caso real".

Só não é bom ver sempre, senão fica parecendo que só existe esse assunto no mundo, igual aos noticiários de MENSALÃO & CIA.

Joana Maria Azevedo disse...

Uma das famosas frases do Criminal Minds é: "Quando se olha muito tempo para um abismo, o abismo olha para você" - F. Nietzsche

MªTeresa disse...

É muito verdadeira esta frase de Nietzshe!Ainda não tinha lido. Realmente o que mostram é um muno "cão", mas que podemos melhorar fazendo o que está ao nosso alcance, educando os filhos, praticando caridade e justiça, repassando o que aprendemos de bom, apesar dos nossos erros.

Postar um comentário