logo

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Dicas de leitura: Agora não, Bernardo.

Por Evelyn Mayer

Quando eu estava no último ano de faculdade, tive a honra de participar de um projeto de literatura infantil-juvenil, que além de mudar minha visão sobre este tema, me fez repensar sobre minha postura como mãe e como pessoa.

Um dos livros que me fez pensar sobre isso foi “Agora não, Bernardo”, de David McKee. Eu o li num curso de Contadores de Histórias.

A narrativa fala sobre um menino chamado Bernardo que procura a atenção dos pais, mas não a tem. Chateado, ele vai para o quintal e encontra um monstro. Tenta dele se aproximar para iniciar uma amizade, mas por ele é devorado. Só que o monstro quer mais e entra na casa. Entretanto, ninguém o nota, mas trata-o como a Bernardo, o que deixa o monstro em uma situação conflitante, colocando-o a questionar sua própria identidade.

Conseguiu entender o barato do livro? Por mais que as crianças riam muito com a história, o recado é direto para os pais: quanta atenção você tem dispensado a seu filho? Quais tem sido as companhias do seu filho? O que você tem considerado mais importante que seu filho? Qual monstro poderá engoli-lo se vocês não se fazem presentes? Quais companhias ele terá se não for a sua?

De fato, McKee quer dar aos pais a oportunidade de refletir sobre a atenção, as predileções, a relação entre pais e filhos. É uma excelente obra que proporcionará não apenas momentos de riso, mas de exame de consciência.

E não só McKee, mas vários autores da literatura infantil-juvenil querem, mais que promover um momento de lazer às crianças, fazer com que os pais reflitam sobre temas importantes que, por conta da vida corrida que levamos, esquecemos de ponderar.

Se eu fosse você, começava a leitura já!

Beijos.

4 comentários:

Pat disse...

Adorei a estorinha! Excelente pra todos que deixamos de dar a devida atenção aos que estão à nossa volta...crianças, IDOSOS, empregados, etc...

Obrigada por essa oportunidade a mais de reflexão!
Abração,
Pat

Jaqueline Melo disse...

Adorei a crônica!!! Fiquei doida para ler "Agora não Bernardo!"

Raquel Suppi disse...

Ótima dica, Evelyn!!!!

Antonio Gomes disse...

Já li e é realmente ótimo!
Todo pai e toda mãe também deveriam ler.

Postar um comentário