logo

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Gripe Suína e os Filhos

No sábado dei uma palestra cultural para garotos de 10 a 13 anos sobre a epidemia do H1N1, gripe Suína, do porquinho, dos palmeirenses. Como vi um grande interesse dos garotos no assunto, vai aqui um resumo para você contar para seus filhos.

Já que a autora deste blog encontra-se fora hoje aproveito o espaço para falar um pouco das razões por trás do medo deste tipo de epidemia.


Em 1918 surgiu uma variante muito letal do vírus Influenza A, chamada H1N1 (obviamente na época não se tinha idéia disto) que dizimou cerca de 2% da população do planeta, 100 milhões de mortos e cerca de 900 milhões de pessoas infectadas.

A gripe espanhola foi uma infecção originaria de aves que passou para pessoas e o vírus se adaptou de forma a ser transmitido de pessoa para pessoa com grande velocidade.

Aparentemente não surgiu na Espanha, mas como a imprensa espanhola foi a única do continente europeu a falar abertamente do assunto, ficou conhecida com o apodo deste país.
A forma letal de gripe dos anos 1918-1919 tinha um mecanismo de ação muito distinto do habitualmente conhecido para a gripe comum: matava pessoas principalmente jovens e com boa saúde e preservava idosos e crianças, matava diretamente e não através de pneumonia.

Aparentemente o mecanismo que levava ao óbito era uma reação imunológica violenta chamada tempestade de citocinas que consiste num mecanismo desgovernado de recrutamento de leucócitos para o pulmão que acaba por destruir o mesmo.

O medo com a atual epidemia, apesar da baixa taxa de mortalidade que vem apresentando, diz respeito ao fato de ser uma gripe oriunda de aves que foi transmitida ao porco e se adptou ao ser humano.

Como a gripe espanhola foi a doença que mais matou num surto em toda a história, as autoridades tem feito bem de ser cautelosas neste caso.

Há crianças que se impressionam com o que ouvem. Explicar direito, mostrar como é algo controlado e as razões históricas do medo desta epidemia ajudam a que vejam a coisa com mais naturalidade.

3 comentários:

Stella Halley disse...

Ótimas fotos, Pedro e uma explicação bem clara. Obrigada.

Anônimo disse...

Este suino de dentadoura é uma gracinha!! Mas valeu bastante tudo sobre as gripes.

Maite Tosta disse...

Poxa, explicação bem interessante, aprendi com ela!

Postar um comentário