logo

sábado, 12 de julho de 2014

A Mãe da Noiva – casando a filha

Hoje estou casando minha primeira filha. Uma grande emoção. Já casei um filho, foi também uma experiência maravilhosa, mas agora... sou mãe da noiva! Agora posso viver mais de perto todas as providências que são mais próprias das mulheres.

A minha tarefa, como mãe da noiva, é agregar, reunir todos no mesmo empenho e canalizar tudo para tornar o dia da filha que está para casar num momento único, com as melhores lembranças da sua vida de solteira.  O carinho em cada detalhe será o melhor tempero do momento. O importante é ver minha filha feliz e realizada. Assim sinto que minha missão foi cumprida.

Compartilho com vocês o que aprendi: a mãe da noiva precisa ser conciliadora, atenciosa, prática e ter autocontrole.

Conciliadora: Os preparativos para um casamento são exaustivos e podem tirar a paz do casal antes mesmo de confirmarem seus votos, o que não se pode permitir, pois valerá a pena todo o empenho. Todo cuidado é pouco para evitar atritos entre todos os familiares envolvidos, que estarão com os nervos à flor da pele porque querem dar o melhor de si para agradar aos noivos. Evitar atritos é a sentença de ordem do momento.

Atenciosa: O dia do casório é surreal, com muitos preparativos desde cedo. É o dia da noiva, e todos temos a nossa parcela de responsabilidade para tornar o dia mais feliz - Pai, mãe e irmãos.  Esse dia será lembrado para sempre, e é bom que o seja com alegria.
Em uma família numerosa como a minha, com muitas filhas, os detalhes de arrumação são sempre multiplicados. Todas querem estar maravilhosas e prontas para a ocasião, pelo que os ânimos ficam mais acalorados.

Prática: Temos que providenciar desde os cabelos até os lanches que serão servidos a todos os profissionais que estarão envolvidos nos preparativos, então simplicidade é a regra!

Autocontrole: Com o vai e vem de pessoas (parentes, profissionais de beleza, foto, filmagem) dentro de casa, precisamos nos imbuir de toda a calma possível para levar com galhardia o entra-e-sai.

 O pai da noiva - Acredito que o pai estará muito emocionado hoje, na hora de levar a filha ao altar. Ele sempre quis ter muitas filhas e conseguimos ter cinco meninas. Agora, com a graça de Deus, nós dois estamos vendo nossa cria levantando asas e alçando um voo alto, para constituir sua nova família. Haja coração! 

3 comentários:

Maria Teresa Serman disse...

Tenho certeza de que vc, Liana, desempenhou otimamente essas funções. E de que o pai vai estar muito emocionado, entrando com sua querida e linda filha! Que Deus abençoe este matrimônio! Felicidades sempre!

R. Suppi disse...

Fiquei arrepiada e emocionada! Meus filhos ainda são pequenos, e minha caçulinha uma bebê, mas um dia, com a graça de Deus, também irão alçar seus voos. Espero conseguir lidar tão bem quanto vc, Liana! Haja coração mesmo! Deus abençoe tda a família!!!!! Bjos

Liana Clara disse...

Obrigada amigas. O dia de hoje foi realmente muito alegre e feliz, com a Graça de Deus.

Postar um comentário