logo

sábado, 27 de março de 2010

Solidariedade vem de casa

Quando a mãe de família fica doente, todos em casa ficam muito confusos, mas há famílias onde nada se desestrutura. São aquelas em que todos sabem fazer de tudo em casa e conseguem ser solidários uns com os outros.

Estes dias estive hospitalizada, numa parte de um dia, e desde a ida ao hospital tive a ajuda e presença constante da filha que estuda medicina, atenções e ajudas concretas.

Depois de passado o problema, é até engraçado lembrar de detalhes ocorridos, como: uma pegando as roupas para eu trocar,outro colocando um ventilador pra dar mais conforto; até minha irmã, que chegou de repente, foi entrando no clima e escrevendo o nome dos remédios que tomo para eu levar à consulta. Meu marido, atônito, querendo fazer algo e sem espaço no quarto pra tanta gente ajudando.

Na volta, já encontrei pronta uma canja deliciosa, feita pela nossa ajudante. Cada um fez algo de bom e útil, com muito carinho, para tornar a recuperação mais fácil e rápida.

Contamos até com a ajuda de uma amiga das meninas,que, ao passar por aqui, resolveu arregaçar as mangas e colaborar também, indo para a cozinha e ajudando em tudo. Tive até flores na mesa de almoço.

Esses detalhes contribuem muito para a recuperação e mostram como as pessoas podem ser amigas e solidárias nas horas difíceis.

2 comentários:

Stella Halley disse...

Querida Liana, não sabia desta sua passagem pelo hospital! Pelo visto já está tudo bem. A atuação dos seus filhos só comprova o quanto foram bem formados pelos pais. Um beijo para você e parabéns a todos.
stella

Liana Clara disse...

Sttela, com estes filhos todos cuidando de mim, fiquei logo boa! Beijos e obrigada pelo carinho.

Postar um comentário