logo

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

SÍMBOLOS DO NATAL – histórinhas para contar as crianças

O Natal é a festa mais linda da humanidade. Onde todos comemoram a vida. Deus se fez Homem e nasceu numa simples manjedoura.

Desde o início dos séculos os homens comemoram esta data e cada um a seu modo. Assim vão se criando as tradições de cada país ou de gerações.

Vejamos os símbolos natalinos e quando foram criados:


O Presépio – O primeiro foi Criado por São Francisco de Assis, no século XIII, em 1223. Com o objetivo de ensinar as crianças o nascimento do menino Jesus.




As canções natalinas - datam do século IV e são cantadas até hoje na véspera de Natal. Como por exemplo: Noite Feliz, Sino de Belém, O Tannenbaum.



Estrela de Belém - Simboliza a estrela-guia dos magos e sábios do Oriente.


A árvore natalina - É simbolizada por um pinheiro enfeitado de luzes e de bolinhas coloridas, e para os cristãos reúne dois símbolos religiosos: a luz e a vida.




Guirlanda - Em muitos países, durante o advento, se faz com ramos de pinheiro uma coroa ou guirlanda com quatro velas para esperar a chegada do menino Jesus. Estas velas simbolizam as grandes etapas da salvação em Cristo.


A Vela - Na chama da vela estão presentes todas as forças da natureza, ela acesa é símbolo de individuação e de nossos anos vividos. Tantas velas, tantos anos. Para o cristão, as velas simbolizam a fé, o amor e a vida.



Os sinos - Simbolizam o respeito ao chamado divino e representa o ponto de comunicação entre o céu e a terra.


Bonecos de neve - Nos países frios as crianças se acostumaram a sair na noite de natal para criar seu próprio homem de neve .





Cartões de Natal - A confecção do primeiro cartão, costuma ser atribuída ao britânico Henry Cole que, em 1843, encomendou a uma gráfica um cartão com a mensagem: "Feliz Natal e Próspero Ano Novo" porque não tinha tempo para escrever pessoalmente a cada um de seus amigos.

Papai Noel - Personagem destacado no natal . São Nicolau, chamado santa Klaus, bispo de Myra, na Licia antiga (atual Turquia). Durante o século IV, este homem de fé marcante foi transformado legendariamente neste Papai universal que oferece às crianças: brinquedos, presentes e carinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário