logo

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Li por aí - Por que dividir o filme em partes?

Ana Paula Oliveira 

 Hoje em dia está na moda dividir o último filme da saga/série em duas partes. Harry Potter ( que eu saiba) foi a primeira saga a ser dividida, após veio Crepúsculo e agora também temos os Jogos Vorazes. Eu, particularmente, prefiro ler os livros a assistir os filmes, pois os roteiristas adoram mudar a história dos livros ( o que me deixa muito frustrada), eu sou uma daquelas pessoas que fica durante o filme falando “Isso não está no livro” ou “ “O QUE? ELES CORTARAM ESSA PARTE?! NÃO ACREDITO!”, e também pois eu gosto de imaginar como são os personagens e criaturas  e para mim isso tira um pouco a minha imaginação. Porém, para mim é muito legal ver como seria o livro na vida real, e é isso que esses filmes que são baseados em livros, tentam nos trazer.
 
Os livros são textos muito detalhados e por isso, muitas partes do livro são cortadas, para que o filme não seja tão longo ao ponto de cansar as pessoas. Imaginem como seria o filme da Ordem da Fênix se eles filmassem cada detalhe do livro. Duraria pelo menos umas 6 horas (eu iria assistir até o final, obviamente),porém muitas pessoas iriam reclamar e não iriam recomendar e o número de ingressos diminuiria, causando prejuízo. Com isso eles pensaram em um jeito de ganhar mais dinheiro, de não deixar as pessoas cansadas do filme e também de agradar mais os fãs, dividir o filme em duas partes.
 
Por mim, todos os filmes das sagas deveriam ser divididos em duas partes. Com isso todo mundo sai Feliz. Alguns com menos dinheiro, outros com mais dinheiro, outros mais cansados de tanto atuar, mas todos felizes.

3 comentários:

Carol Balan disse...

Eu sou como você, Ana Paula: Sempre que assisto a um filme, fico repetindo que tal parte foi tirada, que outra ficou diferente!! Realmente é muito difícil conseguir um filme que seja fiel ao livro, acho que é até impossível, mas dividir em duas partes, com certeza ajuda a ter mais fidelidade à história!!

Carol Balan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jaqueline Melo disse...

Ótima ideia Ana Paula! Dividi-los é a solução! Muito melhor do que recortá-los inadequadamente! E aí a gente fica naquela cara de "ã" quando simplesmente a cena que vc mais esperou não foi filmada! Parabéns pelo texto! Beijo grande!

Postar um comentário