logo

terça-feira, 14 de julho de 2015

Está de repouso? O que fazer? Muitas coisas! Sim! Você pode!

Por Jaqueline Melo

Estou passando por um momento em que me deparei numa situação inusitada na minha vida: ter que fazer uma cirurgia e ter que parar tudo para fazer o bendito repouso que eu estava tanto precisando, já que estou numa fase da vida em que pouco tempo eu consigo dedicar à alimentação, ao sono e ao descanso, aliás, quase nenhum tempo. Então de repente, não mais que de repente, eu tive que puxar o freio de mão da vida e sim, fazer repouso! De início, eu até gostei da ideia, mas quando vi as pessoas falarem que ficam sem fazer nada, eu disse para mim mesma, “eu não vou conseguir”, é, e não consegui mesmo! A ideia de não me sentir útil, de não pode ajudar ninguém, de não prestar para nada... Todas rondando meu íntimo e viviam me aterrorizando.

Então, vocês devem estar pensando, como? Como alguém de pernas para cima o dia todo (literalmente) poderia fazer algo? Ah, minha gente, o que não falta é coisa para fazer! Confesso que o primeiro dia depois da cirurgia, como estava com muita dor, eu não consegui fazer nada mesmo, e aí chegou bater tristeza, briguei com o marido, briguei com as filhas, e o mau humor aliado a dor e a fome me fizeram parar e pensar: “Vou ter de ficar 15 dias em casa assim?”. Mas naquele mesmo dia eu recebi uma série de encomendas de roupas de crochê para fazer. Olha que maravilha! Deus é tão misericordioso que o meu ócio não durou nem 24 horas, Ele, que me conhece como ninguém, sabe que eu não suportaria...

Então, mãos a obra! Comecei a fazer as encomendas no dia seguinte e passei quase todo tempo do repouso me dedicando a elas! Entreguei um dia antes do prazo, e aí? Fazer o que? Antes que eu pensasse no que fazer, apareceu outra encomenda, graças a Deus! Já iniciei a segunda encomenda que, aliada aos produtos que eu vendo, me permitiram pagar a conta do celular para que enfim, conseguisse voltar à internet que tanto me fez falta e eu não cheguei a ficar sem fazer nada nenhum dia, graças a Deus!

E você que está de repouso aí? Não se entregue, vá à luta! Ainda que esteja deitadão ou deitadona, Deus te deu inteligência e te permite fazer tanta coisa útil então não se permita ser inútil, afinal, sempre há algo q possa fazer para você mesmo e para os seus!  É sério! No meio de tanta gente querida que veio me visitar, uma amiga me deu uma chacoalhada boa! Há muito tempo eu não a via, mas ela quando soube que eu estava acamada, veio logo me visitar! Ela é uma pessoa muito especial, inteligente, meiga, doce e deficiente visual. E o que ela me trouxe? Um livro! Sim, um livro! Ela já era cega de um dos olhos, mas aos poucos está perdendo a visão do outro e não consegue mais ler. E ela pegou dois ônibus sozinha e veio não só para me ver, mas me trazer algo tão fundamental na minha vida, me sentir útil. E eu li aquele livro em quatro dias e antes de escrever esse texto fiz um fichamento dele e li tudinho para ela! Choramos juntas ao nos emocionar com ele! E Deus mais uma vez me provando que não há impossível para Ele.

Falando neste assunto, certa vez, assisti a um filme que muito me chamou a atenção, o nome dele? “O impossível”. Ele fala da tragédia da Tsunâmi da Indonésia e o quanto nós devemos ajudar o outro ainda que estejamos numa situação difícil, já que sempre há alguém que esteja numa situação pior! Lembro-me de uma cena de que a mãe com uma infecção gravíssima por causa da grande quantidade de cortes profundos que ela sofreu com os impactos das ondas gigantes, e, percebendo que ela poderia vir a falecer, disse ao filho quando ele disse a ela que era horrível vê-la sofrendo e não poder fazer nada! Então, ela disse a ele: “Você pode sim! Olha ao seu redor, veja quanta gente aqui sofrendo e você tem obrigação de ajudá-las!” E ele meio sem saber o que fazer, perguntou a ela como ele poderia já que era só uma criança, e ela, na sabedoria que só alguém muito próximo a Deus poderia ter, disse a ele: “Não se preocupe com isso, você vai encontrar!”. Então o que estou tentando dizer é: se coloque à disposição, peça a Deus, reze, reze muito, aproveite seu tempo sozinho, você e Deus e ponha em dia suas orações que no corre-corre diário você tenha deixado para trás! E você vai ver o tanto de coisas que podem ser feitas sempre e em todo lugar!

2 comentários:

Pat disse...

Jaqueline, além de te desejar uma pronta recuperação total da cirurgia, queria que você soubesse como esse seu depoimento corajoso me anima...não que eu esteja sem coisas pra fazer, mas pelo contrário, agradeço a ELE por, apesar de aposentada, ainda me permitir fazer tantas coisas, como ler, ir ao cinema e mandar as resenhas pro Blog, entrar no Face Book só pra assistir aos shows da banda em que meu filho, agora cidadão Canadense, toca...tantas notícias boas da nova vida dele lá longe, mas tão próximo de mim no coração, e no Skype! O mais importante das coisas que posso fazer, é continuar ir caminhando até a igreja para assistir missa, Adoração ao Ssmº, lanchinho com alguma amiga "veínha ingáu eu", rs rs rs

Obrigada mais uma vez, pelo "gás" que essa sua recuperação não ociosa nos inspira e faz com que sejamos gratos a Deus pelas oportunidades que ainda nos dá de sermos ativas.
Abração,
Patricia

Jaqueline Melo disse...

Já estou quase boa Pat, graças a Deus! Hoje já fui liberada para quase tudo, graças a Deus! Mas fico feliz demais por ter te encorajado! Que chique seu filho cidadão canadense e que orgulho vc deve ter, mas imagino tbm a saudade que vc deve sentir! Uma das coisas que mais senti falta nesse tempo de repouso, foi a Santa Missa, mas foram 2 domingos sem ir e não repus esse meu "gás" que já estava acabando por falta de abastecimento! Rsrsrs
Um grande beijo querida e obrigada pelo carinho de sempre! Que Deus nos dê sempre a oportunidade de permanecermos em atividade sempre, ainda que em repouso forçado!

Postar um comentário