logo

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

O acidente ao qual sobrevivemos em Teresópolis


Aos nossos amigos, que nos lêem por aqui, quero avisar que estamos bem. Conseguimos sair de Teresópolis sãos e salvos, mas com grande dificuldade. O local ficou arrasado.
A região onde estavamos era um bairro da parte rural de Terê. Tudo foi devastado. Tem muita gente desabrigada que perdeu tudo.

Confesso que nunca havia passado por uma situação tão assustadora. Vimos a morte chegar e sem podermos fazer nada. Só Deus mesmo foi a nossa salvação.

A casa e tudo ao redor caiu como figuras de papelão num desenho animado de mal gosto. Portas foram arrancadas com o portal inteiro juntos. Hitchcock com seus terrores ainda era pouco para representar a cena dantesca que aconteceu ao nosso redor.

Os caseiros só se salvaram porque poucos minutos antes vieram se abrigar junto de nós na nossa casa. Isso foi por volta das 4 horas da madrugada. Estavamos sem luz e sem comunicação por telefones.

O cachorro começou a ganir meia hora antes, dando um aviso que eu só identificava como algo de ruim estava para acontecer. Dizem que o cachorro percebe antes porque tem uma audição muito mais aguçada e com certeza o barulho das rachaduras das montanhas ao redor já chegavam aos ouvidos dele.

Eu não estava em área de risco, que é o que todos ficam dizendo por aí. Mas quem segura a força da ira da natureza que tem sido tão agredida? Sendo assim sofrem todos: Os que agridem e deixam as encostas ocupadas, as nascentes cheias de lixos, e fazem de tudo pra acabar com o que é natural. E paga o que fez e quem não fez isso.

Nosso cachoro só se salvou porque a sua casinha ficou fora do local da avalanche. Mas todos os outros animais morerram soterrados. Foi uma madrugada de pânico, mas ao mesmo tempo de muitas orações. Todos dentro de um quarto, dez pessoas, ficamos rezando sem parar e perdemos a conta de quantas Ave Maria e quantos Pai Nosso rezamos, e tudo foi bom para mantermos a calma e continuar com esperanças.

Ao amanhecer, alguns vizinhos vieram porcurar pelos vivos e nos encontraram e vieram dar sua ajuda que foi fundamental.

A solidariedade foi total, emocionante. Pessoas que também perderam tudo vieram ajudar-nos na limpeza, a salvar que fosse possível e a nos manter firmes com ânimo pra lutar pra sair de lá.

Depois contarei mais, mas por agora resta dizer que lamento muito pelas pessoas que não creem em Deus, porque só Ele nos dá o apoio e o consolo numa hora como esta. E só Deus mesmo, através dos seu inúmeros milagres, nos tira vivos de uma situação como essa.

De volta ao Rio, a salvo das fúrias da natureza, só tenho que agradecer a Deus e as orações de todos: amigos e parentes, que ficaram aqui no Rio e em outros lugares, rezando e pedindo por nós.

24 comentários:

Crucita disse...

Querida Liana, você e sua família experimentaram a força inabalavel da oração.
Temos muita gratidão por ter trazido vocês de volta. Obrigada pelo seu testemunho, pois é muito necessário! Com carinho. Crucita

Liana Clara disse...

Olá Crucita, só mesmo Deus e saber que tinhamos muias pessoas rezando por nós, nos deu a força necessária para lutar pra sairmos de lá.
Obrigada Beijos

Stella Halley disse...

Querida Liana, não tinha entendido que vocês estavam em Teresópolis. Fiquei tranquila com a mensagem da Ana Clara dizendo que vocês estavam bem, apesar do sítio ter sido afetado. Um lugar tão lindo! Mas a tua família é ainda mais linda e querida e é uma felicidade que ninguém tenha se ferido. Muitos beijos,
Stella

Liana Clara disse...

Querida Stella estavamos em 5 pessoas de casa, Eu e três filhas menores e minha irmã. Depois ficamos com os caseiros e seus três filhos, na hora dos desabamentos. Todos dentro de um comodo da casa. Mas graças a Deus conseguimos nos salvar e agora estamos todos bem, inclusive a família do caseiro esta a salvo.
Você pode imaginar a aflição do meu marido e outros filhos nossos que estavam no Rio sem notícias nossas.

Patricia disse...

LIANA E FAMÍLIA, FILHOS QUERIDOS DE DEUS PAI!!!
OMNIA IN BONUM!(emblema escolhido por Dom Antonio Augusto ao ser consagrado Bispo).

Essa jaculatória vem muito a calhar na situação tremendamente assustadora pela qual passaram! DESSE MAL TÃO GRANDE, A FÉ DE TANTAS E TANTOS TROUXE MAIS LUZ PARA O MUNDO E A ESPERANÇA VOLTARÁ COM CERTEZA, PARA AS FAMÍLIAS DOS QUE PERDERAM ENTES QUERIDOS E TODOS OS SEUS BENS MATERIAIS. Ainda me comovo ao escutar DEPOIMENTOS DE FÉ como este seu no Blog, e o de outros entrevistados por reporteres que cobriam o sinistro, dizendo a mesma coisa: "SÓ MESMO DEUS PRA TER AINDA LIVRADO ALGUNS DE NÓS DE SITUAÇÕES IMPOSSÍVEIS PARA O SER HUMANO CONSEGUIR SOZINHO"...este foi o depoimento de uma mulher que diz NÃO SABER NADAR, e que "boiou a noite inteira" junto com os filhos pequenos E A MÃE IDOSA, COM ÁGUA PELO PESCOÇO, dentro da casa inundada de água até quase o TETO, e nada lhes aconteceu fisicamente!

Obrigada, queridíssima AMIGA DO CORAÇÃO,pela força que nos transmitiu com sua FÉ RADICAL.

Muito carinho e amizade,
Patricia Carol.

Liana Clara disse...

Olá Patrícia, obrigada pelo seu carinho. nestes momentos difíceis somos sempre amparadoa por Deus e nos sentimos mais forte.
Os amigos também são o os nossos maiores tesouros, a as vezes precisamos passar por certas coisas para podermos ver o quanto Deus nos ama e esta junto de nós.

Mannoun disse...

Comadre querida,realmente Deus é quem sabe retribuir mil vezes o pouquinho que LHE damos...Você soube dizer- com o Pepê- um SIM generoso aos filhos que Deus lhes quis enviar e nesta catástrofe o retorno chegou - suas vidas foram preservadas para continuarem a FAZER O BEM !!!!!!!!!!!Deus espera ainda muito de todos !
Recebam todo nosso carinho e alegria !
Vitoria e Mannoun

ANINHA disse...

Liana,quão felizes são as pessoas que põem em Deus a sua confiança! Só estas,realmente aprendem a ver Sua Mão poderosa agindo no mundo que os cerca ,mesmo na hora que a adversidade os atinge:pois por sermos cristãos não somos imunes aos males do mundo,porque nem Jesus Cristo o foi,quando aqui viveu em forma de Homem;porém temos uma grande companheira que se chama fé,e que nos induz a confiar e orar. Graças a Deus vcs se encaixam neste perfil,e por este motivo podemos ler este belo testemunho dado por vc
Que Deus os continue a abençoar!
Anna Ribeiro

Liana Clara disse...

Querida Mannoun, muito obrigada pelo carinho e não tenho dúvida de que suas orações por nós foram muito importantes.
A minha maior agonia era ver minhas filhas também presas neste acidente. A gente nunca quer ver um filho sofrendo assim. Mas tudo concorre para o bem, e tenho certeza de que saíram mais fortes desta tormenta.
Beijos e continue rezando pelos desabrigados que estão sofrendo muito.

Liana Clara disse...

Anna tenho certeza de que tudo que aconteceu nos aproximou mais ainda de Deus e da certeza de sermos filhas amadas. Minha irmã teve uma força e uma coragem que só mesmo vinda das mãos do nosso Pai celeste. Ela foi a quem mais teve ação e dirigiu as manobras para nos salvarmos. Ainda bem que estava conosco, foi fundamental sua estratégia para acharmos uma saida.
Beijos e muito obrigada pelo carinho e orações, continue rezando pelos que lá estão.
Nossos caseiros também já estão a salvo , na casa de parentes.

João Felipe disse...

Olá Liana!

Fiquei muito feliz ao saber que todos se salvaram! A fortaleza da fé é capaz de, mesmo em momentos de desespero, nos sentirmos amparados por Deus. Mesmo com as perdas materiais, as vidas de vcs foram preservadas!

Sigo rezando por todas as vítimas da tragédia!

Abraço,
João Felipe

Liana Clara disse...

Muito obrigada João. Meu marido, mais 2 filhos e meu sobrinho foram lá hoje e já estão começando a voltar. Levaram muitas doações para o povo desabrigado de lá. E já estamos juntando mais doações para levar na terça que vem.
Tem muita criança desabrigada e precisando de alimentos infantis. Já estou conseguindo mais doações pra eles.
Abraços e reze por todos.

vera travassos disse...

Querida Liana,
Vendo a foto como tudo ficou depois do temporal não pude deixar de me lembrar do filme os 10 mandamentos onde a praga do egito devastava tudo e preservava a casa dos judeus marcadas com o sangue do cordeiro. É assim que ta parecendo a casa do sitio de voces preservada no meio da devastação. Graças a Deus voces ficaram bem. Beijos para todos

Liana Clara disse...

Olá Vera, meu marido voltou de lá agora, foi levar alimentos e outras doações que recebemos aqui e voltou desolado com as cenas que viu. Ele não estava conosco e não tinha idéia da estenção do acidente.
A casa esta só aparentemente de pé, porque esta muito abalada por dentro. Mas isso é o de menos diante das perdas maiores dos outros.
Vamos rezar para que nossos governantes deem condições melhores a este povo tão sofrido.

MªTeresa disse...

Oi,Liana.Fiquei muito aflita ao ver o que acontecia em Terê e falando com os meninos. Até vocês chegarem à cidade, também perdi a conta das Ave Marias que rezei. Graças a Deus estão todos bem, e o sítio, por vontade e ajuda d'Ele também, vai ficar ainda melhor do que era. S. Josemaria fez mais um milagre, tenho certeza, ao ver as fotos terríveis do que aconteceu. Beijos pra vocês.

Liana Clara disse...

Obrigada Tetê, agradeço muito as orações, pois nos ajudaram a ter coragem pra tomar atitudes, por que nem isso era fácil.
Beijos

Anônimo disse...

Liana , aqui da Costa do Marfim estou passando por outros perigos. São as cruzes que não podemos desprezar. Agradeço a Deus por haver protegido a vocês nessa tragédia do nosso querido estado. Fiquem com Deus, muito ânimo para a retomada das atividades e rezem para que a situação aqui na África fique mais calma.
Continuarei rezando por vocês.
Marcelo Gurgel

Liana Clara disse...

Olá Marcelo, obrigada pelo seu carinho.
Estamos rezando por você aí na Costa do Marfim. Sabemos o quanto esta tudo complicado por aí. Espero que sua família esteja bem e que vc volte logo. Abralos a todos

Maristella disse...

Querida Liana: Estou na minha aula de computação, aprendendo a postar uma mensagem ,que queria ter feito logo que lí, com muita emoção, a descrição dos horrores por que passou e a sua fé firme, neste momento tão provada. Contei a muitas e muitas pessoas, inclusive vários chofers de taxi, sua atuação , se valendo da oração e todos ficaram admirados com o milagre que a fé de seu grupo conseguiu de Deus , nosso Pai e Senhor .São Josémaria deve ter intercedido por filha tão querida. Grande abraço e nossas orações Maristella.

Liana Clara disse...

Que bom Maristela que vc esta fazendo estas aulas,poderemos contar com sua ajuda, que já é grande em opinião pública.
Com certeza contamos com a interecessão de São Josemaria e também de São José, pedimos a ambos que nos valesse naquele momento. E naquele momento vi claramente como é importante o LEMBRAI-VOS pelos mais necessitados. Vc me entende.
Obrigada pelo seu carinho e suas orações. Beijos Liana

Anônimo disse...

Liana, aqui quem te escreve é a Carol,irmã da Fer Berard. Estou MUITO feliz de saber que vcs estão bem, muito mesmo. Que Deus abençoe muito vocês e que toda essa vivência dê mtos frutos.

Juliana disse...

Liana, acompanhei a tragédia pela televisão e já rezava, mas lendo seu relato fiquei ainda mais emocionada! A fé move montanhas, mais até do que estas chuvas. Que você e sua família sejam um instrumento de esperança para os vizinhos e mais necessitados, verdadeiros mensageiros da paz. Estamos unidos pela comunhão dos santos, orações e eucaristia. Força aí neste recomeço! Abraço, Juliana de Goiânia

Liana Clara disse...

Olá Carol, com certeza Deus sabe mais e vai continuar tirando frutos, mas no momento sentimos muita pena de não podermos fazer atividades dos Negócios de Família lá no sítio. Com certeza estarmos vivas compensa tudo. E o resto vamos arrumar novas idéias pra continuar fazendo.
Muito obrigada pelo seu carinho e continue nos visitando aqui. Beijos Liana

Liana Clara disse...

Olá Juliana, com certeza suas orações foram de grande ajuda a todos que conseguiram se salvar nesta tragédia. Até o consolo para os que perderam seus entes queridos e estão sofrendo o descaso das autoridades.
A ajuda das pessoas em pequenos grupos esta sendo muito importante, trazendo um pouco de alívio as pessoas que sofrem.
Muito obrigada por nos visitar aqui, volte sempre. Beijos Liana

Postar um comentário