logo

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

A Brasília que o Brasil não conhece

Dando seguimento as sugestões de passeios para as famílias.
Texto de: João Felipe Belo
Quando se fala em Brasília, a primeira coisa que vem a cabeça do brasileiro são os vários casos de escândalo envolvendo parlamentares. Mas Brasília é muito mais do que desvios de verbas e propinas. É uma cidade planejada para ser a capital do país, com uma arquitetura arrojada e com ótimas opções de lazer e divertimento.

Fundada em 1960 pelo presidente Juscelino Kubitschek para ser a terceira capital do Brasil (anteriormente, Salvador e Rio de Janeiro haviam sido capitais do país). No entanto, desde a época do Brasil Colônia se cogitava a transferência da capital para o interior do Brasil, com o intuito de desenvolver o Centro-Oeste e também, ao sair de uma região litorânea, estava-se mais seguro em caso de guerra. São João Bosco, no século XIX, sonhou com a construção de uma cidade de grande prosperidade, exatamente onde está Brasília situada geograficamente. Dom Bosco acabou sendo proclamado padroeiro da capital.

O plano urbanítisco brasiliense foi elaborado pelo arquiteto Lúcio Costa e muitos de seus edifícios e construções foram projetados por Oscar Niemeyer, um dos maiores nomes da arquitetura moderna. Quem visita Brasília se encanta com os diversos grandiosos monumentos. Uma das maiores atrações é o Ministério das Relações Exteriores – também conhecido como Itamaraty. O prédio possui pinturas da época do Brasil Império, belas salas onde as autoridades internacionais e chefes de Estado são recebidos, peças barrocas, obras de arte contemporânea e até mesmo a mesa onde a princesa Isabel assinou a Lei Áurea.

Não seria possível enumerar os muitos monumentos e locais a se visitar em Brasília. O que talvez mais se destaque seja a Catedral, na Esplanada dos Ministérios, que é exatamente o mais visitado. Projetada também por Niemeyer, seus pilares curvos lembram mãos em oração, no seu interior, encontram-se três anjos suspensos no ar, segurados por cabos de aço. Não tem quem não se encante com a luz que entra através dos vitrais e da Via-Sacra pintada pelo artista Di Cavalcanti.

Por ser uma cidade relativamente nova, pois ainda não tem 50 anos, grande parte da população veio de outros Estados; uma diversidade que acaba sendo refletida na cultura e na culinária. É possível encontrar as mais diversas cozinhas internacionais como a francesa, italiana, japonesa, alemã; e também regionais como mineira, paraense, gaúcha, goiana, nordestina. Saber explorar os diversos restaurantes e bares de Brasília é algo muito apreciado e que realmente vale a pena.

A ausência de esquinas, as quadras residenciais que substituem as ruas fazem de Brasília uma cidade ímpar. São as especificidades de uma cidade planejada. Como argumentou o próprio Niemeyer, pode-se dizer que não gostou de Brasília, mas não que já se viu algo igual antes.
E, quando estiverem na cidade, não deixem de olhar para o alto: o céu de Brasília é fantástico!


7 comentários:

Marcos Yamaguti disse...

Não sei porque mas sempre que vou a Brasilia a imagem que me vem a cabeça é corrupção, pt, marcos valério, delúbio, etc.

Liana Clara disse...

Pois então Marcos, veja que podemos ver o outro lado de Brasília! Até o céu de lá é muito bonito.

Leo Anchieta disse...

Não nos REPRESENTAM

Paula Serman disse...

Só tive oportunidade de fazer uma escala em Brasília, mas tenho que concordar: o céu é realmente fantástico! Bom saber que há outras coisas boas além disso...

Sônia disse...

Moro em Brasília a muitos anos; foram idas e vindas, pois meu marido é militar, mas acabamos decidindo ficar aqui quando ele foi pra reserva. Aqui tem encantos que não se encontram em outros lugares. Moro numa cidade satélite (bairro em outros lugares), tudo é muito diferente. Esparra-se com culturas do mundo todo. Brasília é uma obra de arte a céu aberto. Adorei a reportagem! Acreditem, aqui tem muito mais do que se foi mostrado.

Anônimo disse...

Paula,
É o que todos que são de fora comentam: o céu brasiliense é simplesmente espetacular! O pôr do sol então, só vendo!
João Felipe

Anônimo disse...

Eu já estou achando que Brasília tem um grande romantismo! Eta cidade surpeendente! A Sonia e o Felipe são grandes defenssores. Quem puder, vale conferir.

Postar um comentário