logo

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Nintendo Wii: um possível aliado para uma vida mais saudável

Por: Márcia Ribeiro Oliveira

Muito se fala dos malefícios provocados pelos videogames no comportamento dos jovens. Sedentarismo, déficit de atenção, falta de sociabilidade e queda no rendimento escolar são alguns dos principais problemas apontados pelos críticos dessa tecnologia.


De fato, os videogames podem atuar como vilões quando utilizados sem restrições e sem supervisão dos responsáveis, como é o caso das crianças e adolescentes (e até mesmo de adultos indisciplinados) que não desgrudam por nada do joystick.


Não sou expert em educação, muito menos a pessoa mais entendida do mundo dos games, mas recentemente passei a enxergar os videogames sob uma perspectiva mais positiva após ter o primeiro contato com o Nintendo Wii, um console altamente interativo, que proporciona entretenimento e incentiva a atividade física de seus jogadores.

Lançado no final de 2006, o Wii é um dos videogames mais vendidos no mundo. Basta jogá-lo apenas uma vez para perceber que se trata de um investimento que realmente vale a pena, já que garante a diversão de toda a família, sendo normalmente muito apreciado tanto pelas crianças quanto pelos adultos. Para se ter uma ideia, até meu pai, que tem 71 anos, já curtiu a novidade em minha casa!

Confesso que volto a ser criança quando jogo Wii. E também posso dizer que passei a me "mexer" muito mais do que na época em que gastava boa parte do tempo livre assistindo TV ou navegando na web. Sem falar na consciência corporal que se adquire com as avaliações periódicas propostas por esse videogame: cada jogador possui um perfil com dados que incluem peso, centro de equilíbrio, altura e características físicas individuais, que são medidas pelo próprio console. Após testes que podem ser feitos até mesmo diariamente, o Wii informa se você ganhou ou perdeu peso, se aumentou sua resistência, se melhorou sua postura... Todas essas informações vêm sempre acompanhadas de dicas para melhoria do desempenho nos exercícios e também de palavras de incentivo que transformam o console em uma espécie de "personal trainer virtual".

Pode-se dizer que a proposta do Wii é criar uma geração de gamers (jogadores) mais saudável,incentivando o que talvez possa se chamar de "prática esportiva virtual". O Wii pode realmente atuar como um aliado da boa forma e se diferencia dos demais videogames por oferecer atividades que fazem com que os jogadores efetivamente se movimentem, em vez de simplesmente permanecerem sentados e apertarem botões.

Um sensor instalado na parte de cima da TV na qual o videogame é ligado é capaz de reproduzir na tela os movimentos do jogador, que segura um controle sem fio (ou pisa em uma plataforma sensível) e se movimenta conforme as instruções passadas pelo jogo. Ele pode, por exemplo, fazer posturas de yoga, andar de bicicleta, jogar boliche, participar de uma partida de tênis, aliviar o stress no boxe ou até mesmo bater asas e ter a sensação de voar como um passarinho. O maior barato!

E não é só brincadeira, não: você sua pra valer com esses jogos! No início, está sujeito até mesmo sentir dores musculares nos braços e pernas (foi o que aconteceu comigo), semelhantes às provocadas por uma aula de ginástica localizada mais pesada na academia. O gasto de energia com os exercícios varia de leve a moderado, de acordo com o preparo físico e as habilidades de cada jogador, mas uma coisa é certa: é impossível ficar parado diante do Wii. É exatamente por isso que recentemente Associação Americana do Coração concedeu ao Wii um selo de qualidade que exibe a seguinte frase: “Trabalhando juntos para promover o exercício físico como parte de uma vida saudável”.

É claro que, apesar de todos os benefícios e vantagens proporcionados pelo Wii, não se deve pensar que ele substitui completamente as atividades físicas ao ar livre, que são essenciais ao desenvolvimento dos jovens. Definitivamente, o videogame não pode ocupar o espaço de brincadeiras no parque, na quadra, no campo ou dos passeios. No entanto, pode-se dizer que suas atividades são alternativas bastante interessantes para promover a convivência em família e para incentivar que todos compartilhem parte do tempo livre em casa com uma diversão comprovadamente saudável e altamente interativa.


Assista a um vídeo que demonstra alguns jogos do Wii:

2 comentários:

Mª Teresa disse...

Vou comprar um já! Só assim faço ginástica localizada! Muito legal o texto!

Stella Halley disse...

Meus filhos já tinham pedido um wii, relutei antes, mas estou revendo minha posição...

Postar um comentário