logo

sábado, 16 de março de 2019

Fidelidade temporizada?

Atualmente fazemos plano com operadoras de celular, com tempo de fidelidade determinado. Constantemente ouço pessoas falando que : “estou esperando minha fidelidade com a operadora X acabar para ir para a operadora Y”. Fala-se tanto em fidelidade que banalizaram a virtude; até o nosso banco nos oferece cartão de fidelidade. Na verdade o que todos querem é que sejamos exclusivos ao serviço.
Na vida de família é importante viver a fidelidade entre marido e mulher, e não só ensinar aos filhos esse valor, como também dar exemplo de vida, para que num futuro esses jovens venham a viver sua própria fidelidade. 

Ser fiel aos seus objetivos para sua vida:  Sua profissão, seu trabalho, seus ideais, sua fé, seu namorado,  seu cônjuge. Nunca se viu tanta infidelidade como nesta geração atual. Uma triste constatação. 


A fidelidade aprende-se em casa, mas também se cultiva para que tenhamos felicidade. Palavras parecidas na grafia e também complementares na virtude. 

Vamos ajudar nossos filhos nessa busca pela felicidade, com exercícios de fidelidade. Mostrar que num namoro é importante que seja fiel enquanto dure, mas num casamento essa mesma virtude tem tempo de eternidade. Até que a morte nos separe. Ser fiel a uma pessoa é não substituí-la nem em pensamento. É um caminho de dois sentidos. 


Quando namorei meu marido, sempre fomos fiéis um ao outro, resolvemos nos casar porque vimos que nos amávamos e queríamos construir uma família juntos. Permanecemos fiéis até hoje, já estamos com quase 45 anos de casados, e, podemos afirmar que em todo esse tempo não faltaram ocasiões para vacilar, mas sempre fugimos desses momentos, porque queríamos cultivar nosso amor para o “ até que a morte nos separe”, que prometemos no dia do nosso sim. Este legado e esse valor da fidelidade deixaremos de exemplo aos filhos.

 Assim temos que ir caminhando em cada fase da nossa vida. Sem plano com tempo para fidelidade. Deixemos isso para a CLARO, TIM, VIVO, etc....

2 comentários:

Patricia Dwyer disse...

Lindo depoimento de quem viveu e vive a FIDELIDADE MATRIMONIAL. Deus os abençoe MUITO!

Liana Clara disse...

Querida Patrícia, nós vivemos a fidelidade em todos os momentos das nossas vidas. Isso que nos ajuda a seguir, ir adiante, repensar e corrigir o rumo da nossa vida. Beijos e saudades,

Postar um comentário