logo

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

A vida humana é sempre sagrada

“A vida humana é sempre sagrada, válida e inviolável, e como tal deve ser amada, defendida e cuidada” Papa Francisco

A mulher é livre para fazer suas escolhas, mas também tem o dever de proteger a vida que gera em seu ventre. A vida começa no momento em que ocorre a concepção. Sendo assim, praticar um aborto, independente da idade gestacional, será o mesmo que matar o filho que está gerando. É preciso ter consciência de que, a partir da concepção a vida já se iniciou.

réplica de um bebê de 12 semanas

Toda a família é responsável pela vida desse pequeno ser, porém, quando todos o negam, incluindo o pai, resta à mãe a decisão de ir para o aborto ou não. Somos nós mulheres, com nossa força, que geramos e protegemos o nosso bebê e é nossa a última palavra para definir pela vida ou morte do nosso filho. Mulheres em situação de medo ou negação devem ser sempre apoiadas, seja pela família ou pela sociedade.

Em geral, quando se descobre a gravidez, o bebê já está todo formado, o geneticista Jerôme Lejeune afirma que: "Quinze dias depois do atraso da menstruação, ou seja, à idade real de um mês, o feto mede 4,5 milímetros. Seu minúsculo coração já bate há uma semana; seus braços, pernas, cabeça e cérebro já estão se formando". E afirma ainda que: "aos dois meses, da cabeça até o bumbum ele mede cerca de três centímetros [...] está quase terminado: mãos, pés, órgãos, cérebro. Tudo em seu lugar, e agora só lhe resta crescer. Observem mais de perto, com um microscópio comum, e poderão ver suas digitais. Ele já tem todo o necessário para poder fazer sua carteira de identidade".

Assim, quando a mulher descobre a gravidez, seu bebê já tem o coração batendo e os órgãos e membros em formação. Quando o aborto acontece, em geral algumas semanas mais tarde, o bebê está praticamente todo formado e, como afirma Lejeune, já possui tudo o que precisa para tirar sua carteira de identidade.

6 comentários:

Jaqueline Melo disse...

A mãe deveria ser aquela q mais defende seu filho! Sempre! Somos geradoras de vidas, mas elas não nós pertencem!

Cynthya.Mello disse...

E tem gente que diz ser "um emaranhado de células e não um feto...". Ah tá, e células não são vivas? Se vivas, há vida!
Aborto deveria ser crime com prisão! Embora a justiça válida não seja a nossa.
Mas se um ser atenta contra a vida em si mesmo, é capaz inconscientemente de agir contra qualquer um, pois não há dor maior do que aquele que causamos em nós mesmos.
Mas a consciência se encarregará de deixar esta lembrança por todos os dias!
A vida só pertence à Deus e cabe à Ele decidir criá-la ou encerrá-la.

Liana Clara disse...

Temos que defender a vida desde sua concepção! O mais inocente de todos é este bebê, sempre, e em todos os casos. Nunca poderá ser punido com a pena de morte, imposta pelos geradores. E nem tão pouco, pelos governantes tendenciosos e de mau caráter.

Cláudia Moraes disse...

Acredito que deveriam ser punidas as pessoas que praticam aborto, são criminosos.
Infelizmente estamos vivendo num mundo hedonista que cada um só sabe olhar para seus próprios interesses.

Pat disse...

Se tantas pessoas defendem o aborto, porque não olham as fotos todas de um feto, desde os primeiros dias de concebido, do início ao fim? DEPOIS se perguntem, "Será que É a Susana ou o Pedrinho que vamos MATAR? Quem sabe eles NOS perdoarão com a COMPAIXÃO e o RESPEITO à VIDA, lá no Céu, que nós, que o/a matamos aqui na Terra, NÃO TIVEMOS POR ELES,FILHOS DE DEUS, SERES TÃO HUMANOS E SENSÍVEIS QUANTO NÓS FOMOS, e FEITOS PARA A VIDA!

E porque não se ensina a VERDADE nas escolas ditas aconfessionais? Isso não é assunto apenas RELIGIOSO, mas CIENTÍFICO, mais do que COMPROVADO.

Desculpem a "fúria", mas me preocupo que tb. dentro de tantas famílias não se toca nesse assunto por "pudor"...não se pode ficar constrangido, seja PAI OU MÃE, na hora certa de abordar temas tão importantes para o MUNDO INTEIRO, e que acabam só aparecendo nas NOVELAS DE TV...mas, DO JEITO TORTO E EGOÍSTA HABITUAIS.

Carol Balan disse...

Pat, esse assunto é revoltante mesmo! As falas dos defensores são sempre carregadas de mentiras e manipulações. Penso como você: se as pessoas vissem o desenvolvimento do bebê, soubessem como ele já é perfeito praticamente desde o início da gestação, se ouvissem o coração batendo... Seria muito mais difícil escolher o aborto.

Postar um comentário